GLOCK GERAÇÃO 5 – A NOVA LINHA DE PISTOLAS GLOCK

Anunciado em primeira mão pelo blog “The Firearms Blog“, a Glock, fabricante austríaca de pistolas, acaba de lançar sua nova geração de pistolas: a Glock Geração 5. Os modelos disponíveis nesta são, por enquanto, os modelos G17 e G19, ambas em calibre 9mm Parabellum.

Antes de falarmos dos novos modelos, vamos relembrar brevemente sobre as gerações anteriores. A Geração 1 foi introduzida em 1982 e logo em 1988 foi lançada a Geração 2; a diferença mais notável foi a adição de texturização em alto relevo na parte da frente e de trás do cabo das pistolas. Em 1998 a Geração 3 foi apresentada e as mudanças mais significativas foram a nova texturização do cabo e um descanso para o dedão, além de trilho para que acessórios pudessem ser montados. Foi lançado também o que é chamado de Geração 3.5, em que a única diferença foi novamente, a texturização do cabo da arma, usando agora o chamado RTF2. Mais tarde, em 2010, a Geração 4 foi introduzida no mercado com uma nova texturização do cabo (chamada RTF3), backstraps intercambiaveis, um pequeno afinamento da arma, o retém do carregador é maior e pode ser trocado para o lado direito da arma, para uso ambidestro. Foi introduzido nesta geração também uma mola recuperadora dupla. Para mais informações das gerações anteriores, você pode conferir neste artigo.

Vamos citar agora as principais mudanças da nova Geração da Glock, a Glock Geração 5:

Acabamento nDLC no cano e ferrolho
O acabamento nDLC dá ao ferrolho e ao cano da Glock Geração 5 uma proteção mais durável do que os acabamentos teniferizado, utilizado nas gerações antigas. Este tipo de acabamento é de uso exclusivo da Glock, e ele aumenta a proteção contra corrosão e arranhões. Este acabamento será, por enquanto, de uso exclusivo das pistolas Glock Geração 5.

Esta foto foi retirada do site The Firearms Blog

2. Cano Glock “Marksman” (Glock Marksman Barrel – GMB)
A nova Glock Geração 5 aprimorou o raiamento de seus canos, sua coroa é mais justa ao projétil, fazendo com que os disparos sejam ainda mais precisos do que o normal.

Esta foto foi retirada do site The Firearms Blog

3. Remoção dos sulcos para dedos
Esta mudança foi para muitos uma das mais importantes da nova Glock Geração 5. Haviam muitas reclamações de que, ao sacar as armas da geração antiga, era necessário encaixar os dedos nos espaços corretos, dificultando então um saque rápido, principalmente se o atirador usasse luvas ou possuísse dedos mais grossos. A Geração 5 ganhou com isso, melhoria na ergonomia e no conforto da empunhadura.

Esta foto foi retirada do site The Firearms Blog

4. Retém do ferrolho ambidestro
Para mim, que sou canhoto, essa foi uma das mais importantes mudanças. Na nova Glock Geração 5 finalmente foi adicionado  um retém de carregador ambidestro, apesar de a maioria dos atiradores canhotos que conheço terem sido obrigados a se adaptar a manusear uma arma com a mão esquerda, fazer o acionamento dos botões de forma correta é sem dúvida mais seguro e confortável.

Esta foto foi retirada do site The Firearms Blog

5. Manga para recargas rápidas
Foi adicionado à Glock Geração 5 uma pequena manga no fundo do cabo da arma, parecidas com aquelas usadas nas pistolas de competidores de IPSC, porém menor. Este novo aspecto da arma foi feito para facilitar e agilizar a troca de carregadores em momentos que centésimos de segundos fazem a diferença entre estar vivo ou morto.

Esta foto foi retirada do site The Firearms Blog

6. Novo carregador
O carregador da nova Glock Geração 5 agora possui um transportador de munição laranja, para facilitar que o operador enxergue quantas munições ainda restam. além disso, o fundo do carregador também foi estendido, para facilitar a troca de carregadores.

Esta foto foi retirada do site The Firearms Blog

7. Segurança do percursor
Internamente, é possível ver algumas diferenças entre a Glock Geração 4 e Glock Geração 5. Primeiramente, vemos a diferença entre a segurança do percursor, ao invés de usar um pino circular de metal, foi feito um pino quadrado rampado, onde essas rampas ajudarão a barra do gatilho se movimentar de forma mais suave contra a trava do percursor.

Esta foto foi retirada do site Ammoland

8. Intercambiabilidade de carregadores das versões antigas
Apesar de não ser tão importante assim dizer, os carregadores das Glocks geração 3 e 4 irão funcionar também na Glock Geração 5. Além da maioria dos coldres, que também devem servir para esta geração.

9. Mecanismo de gatilho
O mecanismo de gatilho da Glock Geração 5 também teve algumas alterações. Na nova geração, a barra do gatilho não possui mais uma mola que descansa em um conector. Na Glock Geração 5 a barra do gatilho escorrega para um espaço que acomoda o mecanismo de gatilho. A mola de retorno do gatilho da Glock Geração 5 foi substituída e movida para dentro da acomodação do mecanismo de gatilho.

Esta foto foi retirada do site Ammoland

10. Novo jogo de miras
Foi adicionado na Glock Geração 5, como uma opção de fábrica, além das já comuns miras de polímero, o novo jogo de miras noturnas Ameriglo GLOCK Spartan Operator (jogo de miras para disparos em ambientes com baixa luminosidade).

Esta foto foi retirada do site The Firearms Blog

A Glock Geração 5 ainda não foi oficialmente lançada no mercado, algo que deve acontecer nos próximos dias. O FBI, a Polícia Federal dos EUA,  decidiu usar o novo modelo Glock 17M, que já faz parte da família da nova geração de pistolas Glock. Esperamos vê-la em breve no mercado nacional, com a possível abertura de mercado já esperada no novo R-105, que já está para sair.

Se você gostou deste artigo, por favor, compartilhe-o com seus amigos!

Criador do blog Firearms Brasil. Atirador Informal, Técnico em Informática, mineiro e apaixonado pelo mundo das Armas de Fogo.

22 COMENTÁRIOS NO ARTIGO: “GLOCK GERAÇÃO 5 – A NOVA LINHA DE PISTOLAS GLOCK

  1. Olá,

    Algo me chamou a atenção no texto: “Esperamos vê-la em breve no mercado nacional, com a possível abertura de mercado já esperada no novo R-105, que já está para sair.”.

    Sou policial militar, e estava estudando os tramites para tirar o CAC a fim de poder importar a Glock em calibre restrito. Mas esse trecho que referenciei me chamou a atenção. Então gostaria de saber se existe alguma previsão para liberação da venda de armas, sejam elas glock ou quaisquer outras, no mercado nacional, pois se isso de fato acontecer, não vale a pena (pelo menos para mim) tirar o CAC só para poder importar.

    Alguns colegas do pelotão de choque da PMPR já receberam as pistolas Glock 9mm, mas ao que tudo indica, isso não tem previsão de se estender ao restante da tropa. Independente disso, gostaria de comprar uma particular e deixar de portar o armamento do corporação em horário de folga, por isso tenho procurado me informar a respeito.

    1. De acordo com o General Theophilo, chefe do COLOG, no novo R-105 armas de calibre restrito poderão ser vendidas em lojistas, e armas internacionais poderão ser vendidas nas lojas. Mas não há previsão de quando o decreto será liberado.

    2. Um PM escrevendo com esse conteúdo? Depois que um baiano ganhou uma prova olímpica de velocidade e resistência, ver um PM escrever assim, devemos mesmo estar perto do Apocalipse….

      1. Que comentário mais babaca. Deve ser um daqueles idiotas comunistinhas de IPhone que acha que servidor público militar tem que ser analfabeto funcional e político. Sem mencionar a declaração carregada de xenofobia acerca dos brasileiros do estado da Bahia.
        Uma moderação por parte da administração do site evitaria que energúmenos desse quilate expressassem sua diarreia cerebral incontida.

        1. Eu leio todos os comentários postados, pois, como pode perceber, para que sua resposta seja publicada é necessário que eu a aprove. Não se preocupe com o comentário acima, eu li e aprovei o texto, justamente para que isso acontecesse, houvesse argumentação em cima dele.

  2. O que era perfeito, como diz o slogan da Glock, ficou ainda melhor! Aguardando ansioso a nova R-105 sair. Já tenho uma G25, e pretendo adquirir a G17. Sem palavras!

  3. Ricardo, eu sou 1° Ten do corpo de Bombeiros do estado do RS, e quero adquirir uma Glock G25, o que eu preciso de documentos para tal aquisição? Vou enviar meu email para resposta.

    1. Para aquisição de uma arma importada nova, o senhor deve possuir CR de atirador, entre em contato com um clube de tiro de sua região para ter mais informações de como conseguir. Para adquirir esta arma usada, basta ter uma autorização do seu comandante e dar entrada junto à SAT da sua unidade no processo de transferência de arma de fogo.

  4. Estou na duvida de uma G23 ou uma G17, qual a sua opinião de comparativo entre esses dois modelos?
    Vale a pena trocar uma .40 por uma 9mm?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *