IMBEL PLANEJA PRODUZIR SIG SAUER P320 M17 NO BRASIL

A IMBEL, fábrica de armas controlada pelo Exército Brasileiro, em parceria com a americana Sig Sauer, informou que pretende produzir em suas instalações, em Itajubá, MG, as pistolas P320 M17 modelo utilizado pelo Exército dos EUA.

Em abril deste ano a IMBEL anunciou que estava em tratativas de uma parceria com a indústria da Sig Sauer, entretanto não deu nenhum tipo de detalhe mas sabemos que essa negociação começou na LAAD 2018.

Ao longo dos anos as armas IMBEL foram muito utilizadas pelas Forças Armadas e policiais do Brasil, sendo que suas armas curtas consistem na plataforma 1911, nos calibres .380 ACP, .40 S&W e .45 ACP além de fuzis e rifles de precisão, como o já conhecido FAL, IA2 e AGLC.

No passado a IMBEL já produziu pistolas para fabricantes estrangeiras, como foi o caso de produzir pistolas modelo 1911 para a Springfield Armory. Além de ter tido seus fuzis FAL amplamente exportados para os EUA, onde eram vendidos para o mercado civil.

Ao blog INFODEFENSA, o presidente da IMBEL, Gen. Aderico Mattioli, informou que o principal interesse da IMBEL seria a produção do modelo P320 M17, utilizado pelo Exército dos EUA e versão militar da pistola P320, com travas externas. O Gen. Mattioli informou que “A IMBEL quer reduzir as lacunas, principalmente de mercado e ter autossuficiência de sua capacidade produtiva industrial”. Ele informou ainda que as tratativas dessa parceria estão muito “adiantadas”.

P320
Pistola Sig Sauer P320 M17.

O Gen. Mattioli informou que, além da Sig Sauer, a indústria possui negociação de parceria com outras indústrias, como a Taurus Armas, Dell Fire Arms, Kale Kalip e Bull Armory. E informou também que a IMBEL adotou uma política de portas abertas para a busca de melhorias tecnológicas, comerciais e industriais, sem que haja vínculo de participação na empresa.

Tentamos por diversas vezes contato com o setor de comunicação da IMBEL, em principal com o chefe do Departamento, Cel. Marcos Souto, mas não obtivemos qualquer resposta positiva em relação aos nossos questionamentos. Tentamos também contato com a Sig Sauer do Brasil, mas o setor de marketing da empresa informou que as negociações estavam sendo tratadas em sigilo e por isso não poderiam passar qualquer tipo de informação.

Acreditamos que a transferência de tecnologia para a IMBEL será excelente para a empresa, uma vez que dará a capacidade tecnológica e industrial para que passem a produzir armas de plataformas mais modernas, além do que teremos armas Sig Sauer nacionalizadas, reduzindo e muito o valor praticado pela empresa no território nacional. Esperamos que as armas Sig Sauer sejam também comercializadas para o mercado civil, não só para as Forças de Segurança Pública e Nacional.

Se você gostou deste artigo, por favor, compartilhe-o com seus amigos!

Criador do blog Firearms Brasil. CAC vinculado à 4RM, mineiro e apaixonado pelo mundo das Armas de Fogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *