A Escolha da Primeira Arma, um guia para leigos – Parte I

Quando as pessoas descobrem que você tem um pouco mais de conhecimento sobre assuntos relacionados a armas de fogo, logo começam a fazer perguntas mais técnicas e complexas acerca do tema, contudo, existem algumas perguntas que são sempre feitas e que merecem destaque quando o tema é arma de fogo: Quero comprar uma arma e não sei bem qual, o que você recomenda?

Por incrível que pareça, esta duvida é também muito comum entre policias, militares ou civis, já que nem sempre o agente de segurança é exatamente um conhecedor de vários modelos de armas, mas conhece muito bem apenas a arma com a qual trabalha, não tendo um contato muito frequente com demais modelos e calibres. Espero, com este texto, poder ajudar pessoas que possuem dúvida e tentarei ser menos técnico e mais claro.

Quando se fala em armas de fogo no Brasil, temos que considerar alguns aspectos específicos de nossa legislação, que limitam (e muito) o acesso a armas de fogo, o que ás vezes pode tornar a compra da primeira arma de fogo na compra da ÚNICA arma de fogo. Ignorem o que a lei 10.826/03 (Estatuto do Desarmamento) diz em relação a quantidade de armas permitidas por pessoa, isso na prática faz com que o numero real não passe de uma única arma, então esta escolha deve ser muito bem pensada. Contrário ao que se imagina ou se vê em filmes de Hollywood, no Brasil as lojas não possuem todos os modelos em mostruário, o que torna a escolha um pouco mais complicada, logo, sobra apenas o catálogo da loja e a opinião de pessoas conhecidas como quesito de escolha de um objeto que pode determinar entre sua vida ou morte. Caso você tenha pessoas que possuem armas de fogo e que conhecem de vários modelos, é muito útil ouvir a experiência destas pessoas para fins de obter um produto de qualidade confiável e com um custo X benefício favorável.

Antes mesmo de pensar em marcas, modelos e calibres, precisamos pensar em qual vai ser o uso desta arma e em que tipo de lugar ela vai ser útil para sua segurança. Caso você more em uma casa com um quintal pequeno, por exemplo, não seria adequado se ter uma carabina do tipo Lever Action (Carabinas por ação de alavanca, exemplo da Puma e algumas carabinas da Winchester como a 1873), que costumeiramente é usada para distancias maiores por sua refinada precisão, assim como não seria a melhor escolha para proteger uma propriedade rural com área extensa, um revolver de cano curto.

Conhecer os tipos de armas é fundamental para não comprar algo que venha a se tornar um estorvo ou ate um risco ao usuário, contudo, não existem verdades absolutas sobre o uso e o “terreno específico” para cada estilo, más é interessante saber que cada tipo é mais ou menos eficiente em determinadas situações.

Dos Revolveres: São armas que podem ter canos curtos, de duas polegadas ou canos mais longos, de até dez a doze polegadas de comprimento. Costumam ser os tipos mais simples de armas de fogo, com manuseio simples e exige quase nenhuma manutenção exceto um pouco de óleo de vez em quando. Não costumam dar falhas de funcionamento, e quando dão são coisas simples e que dificilmente não costumam demorar mais que o tempo de um apertar de gatilho para se resolver. Possuem uma capacidade de tiro que pode variar de cinco até oito tiros  normalmente.

pistolaDas Pistolas: São armas um pouco mais complexas que os revolveres. Possuem mecanismos que permitem travas de segurança e que exigem um pouco mais de técnica para um correto manuseio sem que a própria arma acabe ferindo o atirador, sendo que nem estou falando de um disparo acidental, mas sim machucados como o fechar do ferrolho acidentalmente em alguma parte da mão, por exemplo. Podem acontecer panes com mais frequência, o que não quer dizer que a arma seja ruim, mas que todo mecanismo mecânico é passível de falha, contudo é extremamente necessário que o usuário conheça todos os tipos de panes possíveis e como sana-las o mais rapidamente possível. As pistolas costumam ter uma capacidade mais variada e maior, podendo ter de até dezenove munições por carregador.

carabinaDas Carabinas: São armas longas, com cano raiado e com uma precisão muito boa. Muito comuns com moradores de áreas rurais, tanto para defesa, caça ou mesmo para lazer. Existem no Brasil pouca variedade de modelos a venda deste tipo de arma, ficando os tipos variados a algumas Lever Action (estilo Winchester ou a nacional Puma) e alguns modelos semi-automáticas no calibre .22LR , de ferrolho ou de repetição. Não exigem muito conhecimento técnico, mas o correto manuseio com segurança é indispensável, pois possuem gatilhos sensíveis, característica comum de armas longas de precisão. Capacidade de tiro costuma variar entre 10 até 12 tiros.

espingardaDas Espingardas: São estas as mais dinâmicas das armas de fogo. Possuem calibres variados e podem ir do mediano 36 até o destrutível 12. Podem ter diferentes tipos de cartuchos para o mesmo calibre, com diferentes tipos de chumbo e quantidade deles (um cartucho de 12 pode varias de um único chumbo até 36 chumbos mais finos), o que altera muito o uso da arma e a distância útil do tiro. A capacidade é muito variada, indo de um único cartucho, para espingardas de um cano, até sete tiros para espingardas modelo pump ou semi-automáticas. Gostaria em outro texto de escrever uma parte só para espingardas de defesa, dado a tantas características diferenciadas que este tipo de arma possui.

Espero ter começado bem com estas pequenas dicas e em breve postarei a continuação deste texto com explicação sobre tipo de munição e outras características específicas de armas. – CONTINUA!!

Se você gostou deste artigo, por favor, compartilhe-o com seus amigos!

Policial Militar no estado de São Paulo desde 2006, estudante de Psicologia e entusiasta do mundo das armas.

2 COMENTÁRIOS NO ARTIGO: “A Escolha da Primeira Arma, um guia para leigos – Parte I

    1. Depende do uso da arma, se é para porte ou não. Se vai ser empregada dentro de um apartamento, casa, sítio, fazenda, chácara. Se os ambientes são grandes ou pequenos. É bem complicado opinar assim. Na realidade eu compraria uma IMBEL MD1A3 em .380ACP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *