O QUE OS AMERICANOS PENSAM SOBRE ARMAS DE FOGO?

Como em qualquer país continental, existem diferenças tremendas de opiniões sobre assuntos diversos, dependendo da região do país em que se está. No caso das armas de fogo, também é assim. Nos EUA, o tema divide opiniões, mas existem áreas deste país onde há mais tradição de seu uso do que em outras. Existem áreas em que há, em geral, um sentimento de desconforto em relação às armas. Vou descrever em linhas gerais como eu vejo o tema por região dos EUA, mostrar a forma que vejo sobre o que os americanos pensam sobre armas de fogo. Vale lembrar que em qualquer região existem pessoas que são defensores ferrenhos de seus direitos fundamentais, assim como existe o contrário. Então não podemos julgar todos os moradores de uma certa região como desarmamentistas, ou defensores do direito de ter e portar armas.

Mas vamos lá, começando pelos piores:

Califórnia, vulgarmente conhecida pelos amantes de armas de fogo como República Soviética da Califórnia. Aqui é o berço dos desarmamentistas, onde vivem os maiores progressistas dos EUA, quase empatado com Nova Yorque. A Califórnia é a líder em políticas de controle de armas, colocando em suas leis coisas ridículas, como trava de retém de carregador, que só pode ser acionado com um objeto pontiagudo. É quase um caso perdido, berço de congressistas como Diane Feinstein, uma das elaboradoras da lei que proibiu durante 10 anos carregadores com mais de 10 munições de capacidade, mas que expirou e não foi renovada.

Nova Yorque, o quartel-general do bilionário megalomaníaco e aprendiz de ditador Michael Bloomberg. Se você não conhece, ele financia praticamente todos os movimentos anti armas nos EUA, mas seus seguranças já foram fotografados muitas vezes portando armas de fogo, nem fazem questão de esconder. O estado está dividido entre uma parte central mais pró armas, e o sul, onde fica a cidade de Nova Yorque (que não é a capital), é o centro financeiro do país, onde a esquerda caviar americana tenta impor seus devaneios para o resto do país de dentro de seus apartamentos de dezenas de milhões de dólares, claro que protegidos por seguranças armados.

O Nordeste Americano, geralmente os estados aqui presentes, entre eles Maryland, Nova Yorque, Massachusetts, Washington D.C. não são chegados em armas de fogo. Estados geralmente altamente urbanizados, onde seus moradores não tem o mesmo contato com armas de fogo que seus ancestrais, ou que regiões menos urbanizadas dos EUA.

Illinois, terra do Obama. Preciso dizer mais alguma coisa? Bom, foram forçados pela Suprema Corte, goela abaixo, junto com Washington DC, a liberar a compra e porte de armas. Qual parte de “o direito de ter e portar armas não pode ser infringido” eles não entenderam na Constituição?

A Costa Leste, California está aqui. Os outros estados, menos desarmamentistas, estão sofrendo más influências, como as medidas restritivas passadas no estado de Washington. Nada comparável à California, mas começaram a perturbar.

Texas, geralmente tido como o lugar mais armado do planeta. Não é pra tanto. Apesar de terem leis consideradas boas em relação às armas, não são tão liberais quando comparados ao Sul dos EUA.

O Sul e Centro, com raras exceções (Colorado), falar em controle de armas aqui é pior do que se você andar na rua vestido de soldado Cubano, cantando o hino da internacional comunista. Florida, onde eu moro, é conhecida pelos amantes de armas como “The Gunshine State”, uma sátira ao “The Sunshine State” presente em chapas de carros da Florida.

Se você gostou deste artigo, por favor, compartilhe-o com seus amigos!

Um brasilerio que mora na Florida - EUA e apaixonado por armas de fogo. Economista, youtuber (Canal Gosto de Armas), com foco em análise de armas e munições pelo ponto de vista civil. Mudei para os EUA a trabalho, onde posso realizar meus sonhos em relação a colecionismo e recreação com armas de fogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *